8 SITIOS PARA VISITAR EM BOGOTA


Bogotá, capital da Colômbia, não é aquele género de cidade que te apaixonas instantaneamente: no geral não é bonita, existe muita poluição, o trânsito é tão caótico que podes demorar duas horas numa viagem de autocarro que normalmente demorarias menos de meia hora. 
Comecei logo com os pontos negativos de Bogotá mas na verdade há lugares maravilhosos para visitar e ainda por cima tem montanhas altas à sua volta, o que confere aquela sensação de protecção e de estar perto da Natureza.

Sugeria 5 dias na cidade para sentir a sua cultura, as suas gentes e os seus lugares, acreditem que não irão aborrecer-se! Basta sair do hostel/hotel para entrar num género de parque de diversões com concertos de rua, festas no parque, celebração de festas religiosas com direito a desfiles, entre outros. É uma cidade cheia de vida e cultura! 

1. La Candelaria

Esta é a área cliche de Bogota, onde se situam a maioria dos hostels, mas também a mais bonita. Ao passear pela Candelaria encontras prédios coloridos de arquitectura da época colonial, o que espelha a História da cidade. Se fores fã de arte de rua como eu, prepara a tua câmara pois os grafittis que enfeitam as paredes são uma constante e verdadeiras obras de arte. 
Recomendo alojarem-se nesta área de Bogota pelos hostels mais artísticos, com decoração soberba e os mais baratos com dormitórios a rondar os $10 - $12 (em dólares americanos) e um quarto entre os $20 - $30. 

2. Museo Botero
Fernando Botero, nascido em 1932, é um pintor e escultor colombiano famoso pela sua arte incomparável! Entre mulheres gorduchas e uma tonelada de fruta, vais encontrar um estilo muito próprio quase que uma paródia à sociedade da sua época. A entrada é gratuita e podes alugar o audio guide por apenas $3. 

3. Usaquen Flea Market
Esta feira decorre todos os Domingos de manhã, mas estive lá no Sábado à tarde. Provavelmente aos Sábados é uma versão mais pequena da feira. Encontrei apenas duas bancas de vintage/antiguidades, gostaria que estivessem mais pois adoro observar os objectos antigos de um país por mostrarem a sua história. De resto haviam muitas bancas com produtos artesanais feitos na Colômbia, especialmente bolsas com a técnica de tecelagem, feitas por comunidades indígenas.
Usaquen é uma zona chique de Bogota, por isso preparem-se para pagar pequenas fortunas para comer num restaurante ou beber uma cerveja. Foi um passeio agradável e adorei observar os locais a interagirem uns com os outros.

4. Museo del Oro (Gold Museum)
Este deve ser um dos melhores museus que já estive na minha vida! Precisas de pelo menos duas horas para explorar todo o edifício. Tal como o nome do museu sugere existem exposições com produtos feitos em ouro mas também existe informação sobre o trabalho com metais, o envolvimento da população no trabalho com o ouro, cosmologia, as sociedades pré-hispânicas, herança arqueológica  e, a minha parte preferida, simbolismo.
O bilhete de entrada custa $1.50 e é grátis ao Domingo.

5. Cerro Monserrate
Ao avistares as montanhas de Bogotá vais encontrar uma igreja bem no topo e o mais interessante é que podes ir lá. Como podem imaginar conseguem uma vista esplêndida para a cidade! Visitamos na altura do Natal então haviam luzinhas e decorações de Natal por todo o lado, tão lindo.
Existem duas formas de lá chegar: subir a pé ou apanhar o teleférico ($4 só ida e $2 Domingos). Recomendo a sua visita pelas 15 horas porque assim conseguem observar a vista de dia, durante o pôr-do-Sol e as luzes da cidade à noite.
A primeira fotografia desta publicação é de lá :) 

6. Mercado Paloquemao
Querem saber uma forma eficaz de emergirmos na cultura de um país? Visitando os seus mercados locais. Especialmente se encontrarem uma resma de frutas diferentes e que nunca experimentaram :D Os vendedores são simpáticos e não se importam de responder à inúmeras perguntas: "Como cozinhar este vegetal?" ou "Donde vem esta fruta?"
A zona do peixe é a loucura, há peixes surpreendentemente enormes! Hoje em dia como vegetariana não sei se teria coragem de visitar essa parte :P

7. Jardin Botanico (Botanic Garden)
Confesso que no inicio da visita ao parque estava um pouco desiludida até que chegámos às estufas e aí não queria mais ir embora :) Construíram uma estufa gigante com 6 áreas diferentes, onde o visitante poderá observar diferentes tipos de árvores e plantas, dependendo do clima. Por exemplo, na parte mais quente estavam os cactos. Ideia brilhante!
O bilhete de entrada custa $1. 

8. Parque Simon Bolivar
Mesmo em frente ao Jardim Botânico encontra-se este maravilhoso parque. É tão tranquilo, perfeito para um passeio nas calmas ou para descansar, enquanto ficas maravilhado/a a olhar para a vista. É grátis. 

Porque viajar não é sempre um conto de fadas, no próximo post vou-vos contar sobre o choque cultural que sentimos quando chegamos a Bogotá.

Já estiveste em Bogotá? Acrescentarias mais alguma sugestão? 

3 comments:

  1. Ainda que tenha a certeza que não vai ser amor à primeira vista, tenho uma curiosidade imensa por conhecer a Colômbia e, em particular, Bogotá! Fantásticas sugestões que tens aqui, Marta - ainda aguçaram mais a minha curiosidade! :)

    Aonde (não) estou

    ReplyDelete
  2. Fiquei com imensa vontade de conhecer o Museo del Oro. Estou a ler isto depois de ter lido sobre o choque cultural (é o que dá ter deixado posts em atraso e não ter seguido a ordem de publicação...), e nesse outro artigo falas nos preços elevados. Os preços dos hostels que falas aqui não estão na gama mais baixa, sem dúvida, mas o resto das coisas parecem-me bem baratas, não? $1 pelo jardim botânico, por exemplo :)

    Mundo Indefinido

    ReplyDelete
    Replies
    1. Haha andas trocada Catarina, será do jetlag? =)
      Para América Latina, Colômbia tem os preços de alojamento e transportes altos, mas alimentação e entradas são bem em conta =)

      Delete

Grata por comentares, adoro saber o que passa pela tua mente.