REVIEW + SORTEIO | EBOOK COMO SER FREELANCER


"Ser feliz com o trabalho ainda é possível.
E tu vais ser mais uma prova disso."

Quando a Krystel do Nomadismo Digital Portugal contactou-me para divulgar o lançamento do seu mais recente Ebook com o título Como Ser Freelancer, nem podia acreditar. Era exactamente o que precisava de ler no momento, pois andava a ler várias publicações sobre o assunto para perceber o meu lugar neste Mundo enquanto Nómada Digital. Só que há tanta informação na internet que formou-se uma mescla confusa na minha cabeça. O Como ser Freelancer surgiu como luz ao fundo do túnel :)

Este Ebook, que conta com 89 páginas, é um manual completo com as ferramentas fundamentais para ter sucesso na carreira de freelancer, a partir do zero. Ao lê-lo descobri várias respostas a dúvidas que tinha como blogger, ou seja, este ebook é para ti se quiseres tornar-te num(a) blogger profissional.

SURPRESA NO DIA DE SÃO VALENTIM


Acho incrível como acabo sempre por publicar aqui sobre dias que não me dizem grande coisa. Primeiro foi o Natal - aquela festividade que não dou importância - e agora o Dia de São Valentim. Para terem uma ideia nesse dia o Bruno foi ver o jogo do Benfica com os amigos e eu fiquei em casa a comer pizza enquanto via o Mr. Church :P 

Porém, o Dia de São Valentim deste ano foi especial, mesmo que não tenha ido jantar fora com o amor ou trocado prendas com ele. Nesse dia o carteiro tocou à campainha pela manhã e entregou-me um envelope. Rapidamente apercebi-me que seriam as coisinhas maravilhosas que ganhara no Sorteio de São Valentim e quando abro o envelope não caibo em mim de felicidade! 

ACMA | 5 FORMAS DE LIDAR COM A SAUDADE (EM VIAGEM)


A primeira vez que viajei mais tempo foi no InterRail de 21 dias há quase dez anos. Como fui com a minha melhor amiga e o primo, não senti saudades das minhas pessoas, tive mais saudades da nossa comida portuguesa, a melhor do Mundo :D Era a primeira viagem à séria da minha vida, ficando apenas 3 dias em cada cidade. Nesta azafama toda não restava muito tempo para sequer pensar nos amigos e familiares que ficaram em Portugal. 

Em 2008, quando parti para os EUA para morar um ano inteiro a história foi outra. Nos primeiros meses estava encantada com tudo aquilo, pela primeira vez saíra da casa dos meus pais e estava agora a morar do outro lado do oceano, a trabalhar na minha área com miúdos desafiantes e estava a aprender inglês como gente grande. Só que no oitavo mês tudo descarrilou. A saudade bateu tão forte que sentia flechas a perfurarem-me o coração. Deitava-me a pensar no Algarve, sonhava com o Algarve e acordava com o Algarve. Já nem estava a aproveitar a minha estadia em terras do Tio Sam. Até que, subitamente, acordei para a vida e pensei que teria de ganhar forças e aproveitar cada momento pois estava a ter a oportunidade da minha vida e em breve estaria junto dos meus. 

BACALHÔA BUDDHA EDEN


Aos anos que queria visitar o Bacalhôa Buddha Eden! Tudo bem que enquanto estava a viajar fora do país era mais complicado mas agora a morar em Lisboa há quase ano e meio e com a avó Teresa (avó emprestada) a morar em Torres Vedras, não há desculpas. 
Mesmo assim, só no dia do meu aniversário, 30 de Janeiro, é que finalmente fui a este jardim maravilhoso! 


Fazer anos no Inverno é uma seca e sempre que posso tento celebrar num país quentinho, como o fiz o ano passado numa ilha paradisíaca, este ano decidi ficar-me por Portugal. E para que serve o dia do nosso aniversário? Isso mesmo, fazermos o que nos bem apetecer e aproveitarmo-nos das outras pessoas para nos tirarem centenas de fotos, afinal de contas somos a aniversariante e somos especiais :) 

COUCHSURFING: A COMUNIDADE DE VIAJANTES

Couchsurfing em Rabat Marrocos

Ouvi falar do Couchsurfing há mais de dez anos, quando a minha amiga Ana ligou-me toda feliz da vida para me contar que tinha encontrado um site para viajantes maravilhoso e que já se tinha inscrito. Na altura adorei o conceito, era a minha cara, mas não quis me inscrever logo porque ainda estava a viver com os meus pais então não podia alojar pessoas e estava a estudar na Universidade, sem tempo e dinheiro para viajar. Na verdade o Couchsurfing é mais que isto.