May 14, 2019

Os meus hobbies bizarros


Agora que a netflix chegou à minha vida passei a ter menos tempo para os meus hobbies. É uma relação odio-amor que nem vos conto... Por um lado a netflix está repleta de documentários interessantes com séries brutais que te fazem comer episódios como se não houvesse amanhã mas por outro lado sinto que perco imenso do meu precioso tempo colada a este vicio. Já vos contei que não gosto de estar viciada seja no que for? A não ser num pacote de batatas que é impossível comer só uma :D 

Mas bem, netflix não é um hobbie bizarro, muito pelo contrário! Cada vez mais a malta adere a esta funcionalidade tão gira que nos rouba o tempo. 
Venho então falar-vos de três das minhas actividades favoritas, umas vocês vão achar meio estranho mas se calhar outras estão do meu team

1 - Fotografar Lugares Abandonados
Já não é segredo para ninguém certo? Fotografar faz parte das minhas paixões mas se for num sítio abandonado fico extra entusiasmada. Explorar cada pormenor do chão, as janelas e portas, o ar sombrio, a vibe misteriosa, a aventura de subir um muro ou baixar na vedação, o pensar que raio aconteceu no passado e discutir ideias com os companheiros... 
Esta actividade passou a ser parte intrigante das minhas viagens, ou seja, quando visito um novo país ou localidade pergunto sempre sobre lugares abandonados. O mais impressionante até ao momento foi Chernobyl na Ucrânia, que tem um post aqui no blog em rascunho há demasiado tempo. Quem quer ver umas fotinhas de Chernobyl?
Entretanto podem dar uma olhadela nos Lugares Abandonados que partilhei no blog. 

2 - Trocar correspondência
Desde os meus 14, 15 anos que escrevo cartas a outras pessoas no mundo e recebo as suas cartas. Lembro-me de ter uma penfriend da Coreia, uma do Japão, da Europa e muitas portuguesas. Foi assim que conheci a Cláudia, uma das minhas irmãs do coração. Foi assim que pratiquei bastante o meu inglês escrito e lido. 
Durante os anos de universidade tive de deixar este hobbie para trás porque não tinha tempo para dedicar aos meus passatempos, tinha sempre tantos trabalhos individuais e de grupo para fazer. Depois surgiram as viagens e não tinha morada fixa e só quando mudei-me para Lisboa é que o bichinho da escrita com outras pessoas voltou. 
Embora adore o conceito de journaling e em criança sempre mantive diários, desde que escrevo cartas que não tenho essa necessidade. Porque escrevo aquilo que me vai na alma, conto sobre a minha vida, o que me afecta, o que me deixa feliz e depois alguém vai-me ler e responder! 
Oh e sabe tão bem abrir a caixa do correio e ter um envelope bonitinho à minha espera :) Perdi a conta aos dias maus em que uma carta mudou imediatamente o meu humor para bem melhor. 

3 - Ler livros durante horas
Desta lista este deve ser o meu hobbie mais compreendido, há muitos livrólicos por aí que entendem quando digo que passei o fim de semana trancada em casa a ler um livro maravilhoso :D  
Ler um livro que estejas realmente a gostar é como viajar sem sair do lugar. Leva-te para lugares diferentes e descobres realidades nada a ver com a tua. Aprendes e nem dás por isso! Relaxa-me imenso ler e por isso não me importo de ficar horas infinitas colada num livro. 

Agora contem-me lá vocês, que hobbies bizarros ou assim fora da caixa têm? 


Join the conversation!

  1. Percebo perfeitamente o fascínio de fotografar lugares abandonados, mesmo não sendo algo que faça. A troca de correspondência sempre foi algo que me atraiu mas nunca tive coragem de começar (se quiseres mais uma penfriend estou disponível) :P E ler livros durante horas… bem, é melhor não falarmos sobre isso se não perco-me completamente.

    ReplyDelete
    Replies
    1. YAYYYY já não sinto tanto que os meus hobbies são estranhos :P
      Não posso mesmo aceitar mais penfriends mas estou a pensar seriamente abrir um clube de penfriends, o que achas?

      Delete
  2. Pôr os fones nos ouvidos e correr, andar, só eu e a estrada...
    **

    ReplyDelete

Grata por comentares, adoro saber o que passa pela tua mente.

© Viver a Viajar.