REVIEW: HARD ROCK CAFE LISBON

Por esta altura, estou no MUSA Festival a curtir à brava! Nem acredito que finalmente vou ao meu primeiro festival do ano, já vai tarde... Que festivais vão este ano? 

Mas hoje estou aqui para vos contar sobre a minha experiência no Hard Rock Cafe Lisbon, que não seria possível sem este voucher, que podem ver na foto em cima, oferecido no Bloggers Camp! Juntamente com o caderno da Nuts for Paper, são sempre os meus favoritos nos goodie bags entregues no inicio do evento. Sem tirar mérito a todas as outras goodies fantásticas, ok? :D

O voucher é de 40€, o que parece imenso, mas se forem acompanhados, acreditem que se gasta num instantinho. Para terem uma ideia cada hambúrguer custa cerca de 17€, mas aí está, é uma experiência que não me importo de fazer uma vez por ano e voltarei nem que seja para um copo e uns nachos enquanto oiço a banda ao vivo. O ambiente é envolvente, a decoração é bonita, o staff é extremamente simpático e dedicado, a música bem escolhida. E é isso, estou rendida a este bar-restaurante.



Antes de mais, queria vos pedir desculpas pelas fotografias escuras, o flash do CENJOR iria me dar um mega jeitaço nesta noite :D 
Logo que entram no Hard Rock, têm à vossa esquerda a loja, onde podem adquirir as famosas t-shirts e tops do Hard Rock Cafe Lisbon e ainda outros pequenos souvenirs. De frente, começa a emoção! São dois pisos com a parede da direita repleta de guitarras, fotografias e vestuário de diferentes artistas famosos do Mundo inteiro (como em qualquer Hard Rock) bem posicionados e iluminados. 

As fotos de cima são do piso de baixo, onde está o bar, com umas lâmpadas psicadélicas bem giras. À volta do bar estão sentados clientes que vieram para beber um copo ou dois. Neste piso é onde se encontra o palco e ainda uma boa quantidade de mesas. Ainda assim é um filme para arranjar mesa, a avaliar pelas filas que se encontram por lá o tempo inteiro. Fazer reserva antes é uma excelente ideia, porém só o poderão fazer se forem um grupo de, no mínimo, dez pessoas.




No final do piso de baixo estão as escadas que nos levaram até à nossa mesa. No piso de cima ficam os grandes grupos, mas também mesas para quatro pessoas e ao lado para duas pessoas. Como fui com o meu Bruno, ficamos na mesa de dois, com vista para o piso de baixo, adoro! 



Cada mesa tem, à sua disposição, um membro do staff, nós calhámos com o Cristiano, um grande bacano ^_^ Muito prestável e simpático. No final, quando pedimos dois cocktails até nos deu a dica de pedirmos um dos grandes para dividirmos pois vinha mais quantidade e ainda ganhávamos o copo, que convenhamos, é lindo de morrer e os meus smoothies ficam mesmo bonitinhos lá dentro. 


Vamos ao mais importante, a comidinha! O menu é muito ao estilo da gastronomia americana, uma boa selecção de hambúrgueres que vêm acompanhados de batata frita e molhos deliciosos. Não se preocupem, se quiserem algo mais saudável, há também saladas. Mas as entradas é o que mais gosto :) 

Nós pedimos logo duas canecas de cerveja sagres (!!) Pois podíamos ter pedido de outra marca, mas nós já fomos barman e barmaid e estamos fartinhos de experimentar cervejas do Mundo, não há nenhuma que bata a nossa sagres, o que é nacional é boooom :D 

Depois de termos demorado uns bons 20 minutos a olhar para o menu decidimos pedir os nachos clássicos (12.95€), Local Legendary Burguer (16.35€) para ele e o Veggie Leggie Burguer (16.35€) para mim. Instantes depois, o Bruno diz "Marta, lembraste que pedimos sempre uma resma de comida e sobra sempre? Acho que devíamos pedir os nachos e o hambúrguer vegetariano e dividimos tudo, se ainda tivermos fome, pedimos mais alguma coisinha". O Bruno tinha razão e ainda bem que o ouvi! Assim que terminámos a gigantesca quantidade de nachos, já estávamos satisfeitos e ainda vinha um hambúrguer a caminho. 

Os nachos são tão bons! Eu também sou suspeita pois tenho uma queda enorme por nachos. Lembro-me que quando fui à Jamaica em 2009, encontrei um bar da praia com uns nachos suberbos, chegámos a ir lá três dias seguidos, até que enjoei. 
Estes nachos do Hard Rock são estaladiços e crocantes e os ingredientes são: feijão estilo pico de gallo, queijo monterey jack e cheddar, japaleños, cebolinho e sour cream. Pedimos o guacamole também, mas não achei que valesse a pena, o meu é bem melhor :D 

O Veggie Leggie era igualmente delicioso e com uma apresentação de encher os olhos. Escolheram mesmo bem os ingredientes, que ligados entre si, oferecem momentos de real prazer gostativo. Contem: um hambúrguer vegetariano, cogumelo portobello, courgette verde e amarela, pimento vermelho, alface, tomate e cebolas doces gratinadas. A única coisa que não gostámos foi do pão, muito massudo e sem sabor, de resto estava tudo divinal!

Para finalizar, pedimos um Long Island Ice Tea Cocktail de Curacao Blue, que estava tão refrescante e gostoso. Conta final: 25€ :D Obrigada Bloggers Camp e Hard Rock Cafe Lisbon, vocês fizeram um casal muito feliz. 

Resumindo, adorámos a nossa primeira vez neste Hard Rock Cafe, com a promessa de que voltaremos :) E vocês, já tiveram aqui? Costumam frequentar Hard Rocks quando viajam? 

4 comments:

  1. Aiiii o Hard Rock...fiquei com imensa pena de não poder usar o meu vale, mas felizmente ele já foi usado por alguém que adorou! E é impossível não adorar :D o ano passado comi esses nachos (nhami!) e pedi um grelhado xpto, já não me lembro do nome. Os 40€ chegaram e saímos de lá a rebolar loool :p

    Jiji

    ReplyDelete
  2. Também fui lá no outro dia, adoro o espaço, o ambiente, e é como dizes as pessoas que trabalham lá são mesmo queridas. O meu filhote adora o sítio! Tenho que arranjar tempo para fazer a minha review. bjs

    ReplyDelete
  3. Fui lá no último dia em que dava para usar o vale, o que calhou ser também o dia do jogo de Portugal com a Polónia. O ambiente estava fantástico! Também comi um Veggie Leggie, mas para entrada pedimos um Jumbo Combo. Tenho mesmo de experimentar os nachos! Ficam para um próxima visita :)

    ReplyDelete
  4. Epa eu não comi os nachos mas fiquei a remoer a coisa. Acabámos por pedir apenas os hambúrgueres, que ainda não conhecia mas sabia que eram bons. Da próxima vez que lá for atiro-me aos nachos. O «problema» é que é tudo servido em quantidades imeeensas e eu a dado momento já não tenho barriga para mais (com muita pena). Nem consegui acabar o hambúrguer! Enfim. Fica para a próxima.

    ReplyDelete

Grata por comentares, adoro saber o que passa pela tua mente.