PHOTO AN HOUR | FESTIVAL ZEN

Adoro reportar o meu dia através de fotografias para um dia voltar a rever o que fiz naquele dia. O Photo an Hour surge como um exercício fascinante porque "força-me" a fotografar e assim consigo atingir o tal objectivo de reunir fotos de um dia. 

Este fim de semana estava a acontecer o Festival Zen aqui pertinho de casa, então combinei com alguns amigos irmos pelo menos no Sábado. Se há coisa que participo sem pensar duas vezes é neste género de eventos mais para o lado espiritual, onde pagas um valor simbólico e tens acesso a um mundo de workshops. São oportunidades únicas para descobrires actividades que nunca ouviste falar antes! 

Vamos ver como foi o meu Sábado em Fotografias? 

10h | Acordei um pouco antes das 10h e reparei que já tinha perdido o primeiro workshop que queria ir "Detox Juicing". A primeira coisa que faço quando acordo é abrir a janela do quarto, dizer bom dia ao bairro, verificar como está o tempo e deixar a janela aberta para arejar a casa.

11h | Consegui chegar a tempo de assistir a uma parte do workshop de "Plantas Aromáticas e Medicinais". A facilitadora é bem entendida na matéria e consegui finalmente perceber a diferença entre stevia processada e stevia orgânica. Conforme ia explicando cada uma das plantas passava-nos a planta para cheirarmos e sentirmos. No final fizemos uma deliciosa degustação de chás. 

12h | Ao meio dia iriam decorrer dez workshops ao mesmo tempo mas logo que vi "Viagem Xamânica: O Poder do Animal" sabia que era esse que queria participar. Nesta foto estavamos à espera de mais participantes e acabamos com sala cheia. Gostei muito desta viagem em que iriamos descobrir (ou não) o nosso animal espiritual e o meu foi o tigre, não estava nada à espera. Depois de feita a viagem houve ali uma pausa estranha e demorada que me deixou desconfortável e vontade de ir embora. No final fizemos um circulo e cantámos uma música alegre. 

13h | Já cheguei atrasada ao "Do Silêncio à Criação" então quando me inseri no grupo não consegui relaxar e deixar-me levar pelas palavras da facilitadora. Desisti e fui almoçar. 

14h | Por esta altura já sabia que nenhum dos meus amigos podia vir ao festival, fiquei um pouco triste mas entendi a razão de cada um. Longe vão os tempos que só fazia alguma coisa quando acompanhada. Se tivesse à espera de outras pessoas para me acompanharem nos eventos imperdiveis então perdia imensa coisa gira :P 
Decidi almoçar no buffet indiano. Por 6€ podias comer as vezes que quisesses e era tudo vegetariano! Na fila fiz amizade com o Rui que também estava sozinho e acabamos por almoçar juntos. Hoje em dia já não me faz tanta diferença comer uma refeição em público sozinha mas admito que adoro conversar enquanto estou a degustar a comida :) 

15h | Comi demasiado! A seguir iria dançar no "Heart Dance". Tinha experimentado "Meditação para o Chackra do Coração", no Festival da Luz no Algarve então pensei que seria algo parecido. Enganei-me. Mas gostei tanto da experiência que sai da sala radiante, com um sentimento de libertação e um sorriso de orelha a orelha. Tínhamos uma facilitadora que tocava viola (na foto acima) um senhor a tocar flauta e outro senhor a tocar todos aqueles instrumentos musicais na foto. Fizemos um circulo, dançamos sozinhos, dançamos em par, cantamos o tempo inteiro, foi tão animado, senti a energia a fluir de uma forma tão positiva... No final já pulávamos, improvisávamos o canto, olhávamos uns para os outros como se nos conhecêssemos há imenso tempo. Bom feeling, sim senhora! Sim, foi o que mais gostei deste dia. 

16h | A "Meditação e Satsang" era só às 17 horas então estive a fazer tempo na feirinha colorida, a tirar fotografias e a assistir ao "Arco e Flecha" lá fora. Ainda deu para apanhar um Sol quentinho!

17h | Enquanto esperava pelos facilitadores da meditação, escrevi um postal de aniversário ao Filipe pois do festival iria directamente para a Pizzart no Montijo para celebrar as suas 34 primaveras, a primeira vez como pai :) 

18h | Saí da ultima actividade já passava das 18h30. Não me convenceu. Primeiro fizemos uns exercícios de respiração e stretching e depois entrou um Baba vestido de laranja vivo (estaria na Índia assim de repente?) que nos guiou numa meditação sofi. Tive de sair da aula justamente quando o Baba estava a partilhar as suas histórias de como chegou a monge, o que significa espiritualidade na sua visão, etc. Estava a gostar mas tive de sair da sala pois o Bruno já estava à minha espera para irmos para o jantar do Filipe que seria às 19h30. 

22h | Vamos adiantar-nos no tempo e plim aqui está o bolo de anos mais bonito de sempre! Um globo (Tanto a Marisa como o Filipe adoram viajar) com a família esculpida, sem faltar a querida Alice, que dormiu que nem um anjo o jantar inteiro.
Este jantar foi também um reencontro com as minhas pessoas do Algarve, mais para os lados de Portimão. Adoro aquela gente! Já não nos víamos desde o Verão e tínhamos tanta conversa para por em dia... 

Posso dizer que foi um dia produtivo e bastante alegre! Adoro Sábados assim :) Domingo não tive coragem de encarar a tempestade então não fui ao Festival Zen. Mas para o ano podem contar comigo! 

Espero que tenham gostado desta reportagem através de uma Photo an Hour. O que fizeram este Sábado? 

20 comments:

  1. Nos últimos anos também tenho aprendido a fazer as coisas sozinha. Quando não há companhia, simplesmente vou. Por vezes acabo a conhecer pessoas, mas mesmo quando fico o tempo todo sozinha não me incomoda :) Ainda que tenha preferência em fazer refeições com alguém, para poder conversar - mas pode ser alguém que conheça na altura!
    Escrevia eu no post de ontem do blog que é por dias recheados como estes que os finais de semana valem a pena - e é mesmo! Gostei de ler sobre o teu dia e a experiência no festival Zen - e ADOREI o bolo dos teus amigos!

    Aonde (não) estou

    ReplyDelete
    Replies
    1. O bolo do Filipe era tão brutal!! Mandei a dica indirecta ao bruno que queria um daqueles para o meu aniversário hehe a ver!

      É sinal que gostas da tua companhia =) adorooo passar tempo comigo própria, cada vez mais... deve ser da velhice lol

      Delete
  2. É giro perceber, pela descrição tão interessante do teu dia de festival, que não te demoras onde não te faz sentido. :)

    Eu no sábado corri até às 16h (correr no sentido de ter muito para organizar e fazer, e não no sentido de estar a percorrer quilómetros a fazer jogging). À noite joguei jogos de tabuleiro com os amigos e ri-me à gargalhada. :)

    ReplyDelete
    Replies
    1. Haha deu para perceber isso? Uma pessoa quando chega aos trinta já não tem paciência para fazer fretes hehe mas tu és boa a avaliar situações =P

      Foste aquele evento da Aurora? Ela tem mil jogos uau! Deve ter sido um belo serão =)

      Delete
  3. Esta ideia está tão gira! Acho que vou fazer algo do género :)

    THE PINK ELEPHANT SHOE // INSTAGRAM //

    ReplyDelete
    Replies
    1. Força Cátia, adoro ver photo an hour noutros blogs =)

      Delete
  4. Eu sempre fiz imensas coisas sozinha. Em particular porque, durante muito tempo, as pessoas com quem me dava não se interessavam pelas mesmas coisas que eu. Mas não era por isso que deixava de ir e, na verdade, nunca me incomodou ir só eu. Por vezes até prefiro ir sozinha, sabes? Claro que quando se tem uma companhia ideal é muito bom, mas não havendo ou não estando disponíveis, vamos na mesma! Se não fosse assim, não aproveitava tanto desta vida. Foi interessante ver o teu dia em fotografias, é um exercício engraçado. Mas digo-te: eu acho que não teria coragem de partir o bolo... Está tão bonito, que até dá pena!

    Mundo Indefinido

    ReplyDelete
    Replies
    1. Isso é que é! Uma mulher independente, tens perfil de #girlboss :)
      Opá custou tanto partir o bolo mas teve de ser. O Filipe entregou-me uma fatia com a China, porque ele queria que comesse um país que nunca tinha visitado haha

      Delete
  5. Olha, gostei de te ler. Pela tua atitude "vou se quiser, se não quiser saio" - a ver se guardo algum ensinamento daí! E esta ideia de retratares o teu dia em fotos é maravilhosa!

    Jiji

    ReplyDelete
    Replies
    1. Heee mas calma aí Jiji, há situações e situações :P por vezes tenho mesmo de apanhar seca para não ser rude... mas aqui a malta está habituada, pois nem sempre X actividade é aconselhada para nós, ou pelo menos, naquele momento... se é que me fiz entender X)

      Delete
  6. Fins-de-semana assim valem mesmo a pena. Eu também tive um sábado bem recheado com duas sessões fotográficas que estou ansiosa por partilhar no meu blog.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Ainda bem que tiraste partido do Sábado solarengo, depois quero ver esses resultados, como adoro ver sessões fotográficas nesta época <3

      Delete
  7. Gosto muito do Photo an hour, ainda mais quando acompanhadas de descrições.
    Quando falas de sair porque não faz sentido, lembro-me num evento do Gerador fui a uma sessão nada gira, mas fiquei até ao fim... Tenho medo de magoar a pessoa... Enfim!
    E a tempestade do fim-de-semana... ativou a preguiça nacional! ;)

    ReplyDelete
    Replies
    1. Depende dos eventos. Se um amigo meu estiver a falar numa palestra durante 4 horas sobre um assunto que não me interessa minimamente fico na mesma :P já apanhei grandes secas à pala de não querer magoar as pessoas. E neste momento o que quero menos é perder o meu precioso tempo.
      Cada caso é um caso, aqui não era boa ideia ficar porque para além de ter de fingir que estava a sentir aquele momento estaria a prejudicar a energia do grupo.
      Quando vês que não dá mesmo, pega nas tuas coisinhas, faz um sorriso à pessoa que está a falar, olha em frente, abre a porta e fecha-a :) é fácil, não custa nada.

      Faz um photo an hour!!!!

      Delete
    2. Farei sim! De um dia banal ou de um dia especial... Boa dica para os dias de primavera ;)

      Delete
  8. Queriamos tanto ter ido a este evento!
    Infelizmente não nos foi possível =(
    Fica para uma próxima.
    Gostamos do teu relato =)

    Beijinhos
    _________________________
    All The way is an adventure
    Jess & Rose Blog | Youtube

    ReplyDelete
    Replies
    1. Fica para o ano, posso dizer que valeu a pena!
      Beijinhos*

      Delete
  9. Muitas coisas a se fazer e melhor em nossa própria companhia, isso é tudo de bom! Estou adorando seu blog.

    Beijos e uma excelente semana!
    DMulheresInstagramFanpage

    ReplyDelete

Grata por comentares, adoro saber o que passa pela tua mente.