MODO HIBERNAÇÃO: LIGADO

Os Invernos, para mim, são rigorosos e dolorosos. O frio atormenta-me e não me deixa sair de casa. Mete-me num estado de depressão tal que só mesmo o aconchego da manta e do chá para me sentir viva. 
A chuva é o tal pau de dois bicos: por um lado muito necessária para que possamos beber e nos saciar, é um dos elementos fundamentais à condição humana. A chuva enche os rios, ribeiros e lagos para que nos dias quentes de Verão nos possamos banhar, dar mergulhos, nadar e brincar. Por outro lado, molha-nos dos pés à cabeça, faz-nos ficar com arrepios de frio, constipados, doentes. 

Por vezes a chuva vem com o vento e o frio tudo junto e aí pronto, está o baile armado. Eu não fui feita para o Inverno. Dias cinzentos trazem-me neura, vontade de fazer nenhum, de chorar, com vontade de desaparecer até à Primavera. O Sol é um dos meus melhores amigos, ilumina a vida, oferece-nos energia e vitamina D, sem pedir nada em troca.

É fácil de perceber porque é que nos últimos quatro anos ando a fugir ao Inverno, não é? Viajar dá-nos essa liberdade de escolha para onde queremos ir e o que queremos fazer. No Inverno, há pessoas que viajam para locais com neve para praticar ski e snowboard, pois eu prefiro ir para um sítio bem quentinho com vista para o oceano e voltar à Europa apenas em Março. Países como Noruega com cinco horas de luz diárias não dava para mim, ou Londres com dias cinzentos a maior parte do ano, tinha um esgotamento tão grande que seriam necessários dois meses no mar caribe para me recuperar :P 

Embora a minha vida social esteja uma miséria desde que começou o ano, que quase não pus os pés na rua a não ser buscar mantimentos alimenticios, estou a levar isto da hibernação mesmo a sério ainda fiz umas coisinhas por casa:

- Vi a saga inteira do Star Wars. Seis filmes no total com, no mínimo, duas horas de duração cada. E nem sou fã;

- Aprendi a tricotar, ou pelo menos, a conseguir enfiar a lã dentro da agulha;

- Assisti à temporada completa da série Narcos e os cinco últimos episódios foram vistos de seguida numa tarde/noite;

- Estou a terminar o segundo livro;

- Limpei a casa todinha;

- Escrevi uma carta.  

Hmmm afinal das contas, ainda fiz algumas coisinhas. Ainda bem que nunca me aborreço e arranjo sempre alguma coisa pra fazer :D 

E vocês, como se sentem no Inverno? Ficam atingidos e deprimidos como eu, ou até lidam bem com a coisa? 

9 comments:

  1. Que doida! Pelo menos és produtiva ahah também fico meia deprimida, mas evito cair no marasmo - a não ser ao Domingo à tarde, dá-me uma soneira impossível!

    Jiji

    ReplyDelete
    Replies
    1. Meio produtiva, digamos :P E vá lá que não tenho TV, se não queria ver, era zapping semanas a fundo lolol Pois pá, não te sintas mal, o domingo foi feito para dia de ronha total, até costumo dizer que devia ser proibido trabalhar ao Domingo!

      Delete
  2. Olá Marta!!
    Eu confesso que até gosto do Inverno, mas por mim poderia ser mais curto:D
    Há imensas coisas boas que podemos fazer nestes dias mais frios e mais cinzentos. Ler um bom livro e assistir a um bom filme ou uma série, são sem dúvida excelentes opções!
    Eu na passada semana tive umas mini-férias em casa e como o tempo esteve literalmente uma porcaria, aproveitei para dar um enorme arrumação e limpeza à casa, aproveitei para " destralhar", coisa que adoro fazer. Perfeito para iniciar o novo ano. Também li imenso, coisa que adoro fazer. Enfim, o importante mesmo é aproveitarmos o tempo livre a fazer coisas que nos dão prazer, seja de Inverno ou em qualquer outra estação do ano!
    Beijinho querida, tem uma boa semana!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Destralhar é do melhor para a alma. Como nos ultimos anos tenho vivido basicamente com uma mochila, não tenho nada para destralhar, já vivo num minimalismo profundo :D

      Pois como viste também fiz umas coisas, mas eu sou a menina da rua, adoro estar fora para passear, conhecer novos sitios, fotografar... o Inverno é frustante para mim pois não me deixa fazer o que mais gosto.
      Mas vá, estou a concentrar-me na minha próxima viagem que está bem próxima, e aí sim, vou para o meu Verão :))

      Uma excelente semana Catarina, obrigada por passares aqui!

      Delete
  3. Nem sabes o quanto te compreendo. Odeio esta estação, fico com níveis de improdutividade que rebentam qualquer escala. Mas olha que tens produzido bastante, eu ainda não completei um único feito que mereça referência. Ainda por cima não sou dada a trabalhos manuais (tricot, crochet, costura, seja o que for), o que torna tudo mais aborrecido. Enfim, sempre adianto leituras e ponho filmes e séries em dia. x)

    ReplyDelete
    Replies
    1. E mesmo assim, ao menos da para ver filmes e séries a farta :D sabe tão bem!

      Delete
  4. Eu também detesto os invernos...só sabem bem, quando podemos ficar em casa a ver filmes, enroladas em três mantas com lareira acesa! =) O que nem sempre é possível, porque a vida continua repleta de trabalho. Por isso também passava esta estação à frente...sou sem dúvida alguma, uma fã da praia, do verão e do sol.
    Por agora dá para colocar a leitura e as séries em dia =) especialmente com a chuva que tem estado. ahah
    Beijinho*

    Comecei a seguir-te <3 Faz também uma visita ao meu blogue e espero que gostes do que tenho publicado por lá!
    http://nuancesbyritadias.blogspot.pt/

    ReplyDelete
  5. Compro casacos, botas, galochas, chapéus, gorros e tudo o que me proteja do frio da rua, bebo chá quente e espero que melhores dias venham. Não o vivo, sobrevivo-lhe. :)

    ReplyDelete
  6. Também não sofro propriamente de amores pelo inverno, sou super hiper mega friorenta estou sempre com frio, custa tanto levantar-me da cama de manhã... e nesta epoca do ano ainda me custa mais estudar, sou tão pouco produtiva. Beijinhos.

    ReplyDelete

Grata por comentares, adoro saber o que passa pela tua mente.