O PARAÍSO NA TERRA :: KOH RONG NO CAMBOJA


Naquele mês em que não sabemos o que vestir pois as quatro estações do ano aparecem num só dia, achei por bem partilhar convosco a minha semana nas ilhas de Koh Rong e Koh Rong Saloem. 
Quando fui para a ilha, esqueci-me da minha câmara fotográfica no hostel em Siem Reap, então utilizei apenas o telemóvel para os momentos fotográficos. Infelizmente houve um acidente e perdi a maior parte das fotografias que estavam no telemóvel... Cá para mim foram os olhares invejosos das fotos maravilhosas que andava a postar no facebook e instagram :P


Nem vale a pena andar aqui a pregar o quanto esta ilha era maravilhosa e o quanto fui feliz nesta semana, não é? Estava mesmo a precisar dum break do Inverno europeu e, movendo uns cordelinhos, conseguimos orientar-nos de forma a celebrarmos o meu aniversário neste paraíso. Se há coisa que amo nesta vida é passar tanto os meus anos como a passagem de ano no calor :) 

Foi apenas uma semana, mas foi incrivelmente bem passada. Já sabemos que numa ilha não há muito a fazer, a não ser passar o dia deitada na toalha a apanhar banhos de Sol, beber muitos sumos naturais com gelo, tirar fotografias, relaxar no bungalow (podem ver o meu, na imagem abaixo) enquanto se lê um livro na rede. 
Estas duas ilhas irmãs são deveras especiais, especialmente Koh Rong Saloem que parece quase intocável pelo ser humano. O turismo ainda não chegou até aqui no seu auge, então as praias são praticamente desertas. A areia é ainda mais branca e fina e o mar transparente. Paira uma tranquilidade tão profunda que só desejas ficar ali para todo o sempre. 


Como sou uma querida, vou vos dar umas dicas preciosas para que, um dia, também usufruam deste pedacinho mágico no nosso planeta. 

>> Koh Rong e Koh Rong Saloem apenas são acessiveis através de barco. Para isso, têm de chegar à cidade de Sihanoukville e comprar o bilhete mesmo lá. Podem escolher um fast boat por USD$20 ida/volta ou USD$15 por um slow boat ida/volta. 

>> De Koh Rong para Koh Rong Saloem são cerca de 2 a 5 horas, depende do barco que vão. Nós escolhemos no de mais horas porque adoramos andar de barco e neste parávamos uma hora para fazer mergulho. O bilhete duma ilha para a outra custou USD$5. 

>> Levem dinheiro pois não existem multibancos.

>> Querem alugar um carro ou uma mota para explorar as ilhas? Esqueçam! Desculpem destruir os vossos sonhos mas estas ilhas só têm areia e uma enorme floresta verde por trás. Portanto, não existem estradas (nem poluição). 

>> A internet é muito escassa e o que há é muito lento ou funciona mal. Por isso, avisem logo a mãe, o pai e o avô que vão "desaparecer" por uns tempos. 

>> Koh Rong é mais barato que Koh Rong Saloem, especialmente no alojamento e alimentação. 

>> Em Koh Rong ficamos num bungalow chamado Monkey Island por USD$30 / noite. Isto dividido por três pessoas ficou  a módica quantia de USD$10. E estávamos em época alta! Recomendo estes bungalows, um ambiente good vibe.

Vou-vos deixar com muitas fotografias que tirámos com a GoPro da Ana. As cores são muito mais fiéis através das fotos que vos mostrei mais acima, mas dá para terem uma ideia do sítio :D


















Gostaram destas ilhas gémeas no Camboja? Quais são as ilhas que mais gostariam visitar? 

20 comments:

  1. Parece um excelente local para relaxar um pouco. Não sei se "aguentaria" uma semana por lá (confesso que gosto pouco de praia e de estar ao sol), mas uns 2 ou 3 dias parece-me bem :)

    ReplyDelete
    Replies
    1. As minhas companheiras de viagem também não eram muito dadas ao Sol, então das 11h a 16 horas ficavam pelo bungalow a ler ou escrever, ou então iam para uma sombra beber um sumo natural ou comer um gelado :D 3 dias é ótimo para novas energias!

      Delete
  2. Ai que paraíso! E que inveeeeeeeejaaaaaaaaa :p

    Jiji

    ReplyDelete
    Replies
    1. Oh filha não tenhas inveja, ouvi dizer que ias a Paris e tal :P

      Delete
  3. Replies
    1. Uma pena as fotos da comida terem ido pelos ares. Mas era sim, muito à base de noodles, arroz e caril. Também tinham pratos típicos só que tinham carne (eu não como carne) e a versão vegetariana não era assim tão boa.

      Delete
  4. Que paraíso!! Que delícia de imagens!! Só apetece fazer a mala e ir!!!
    Obrigada por partilhares estas delícias aqui!
    Beijinho grande**

    ReplyDelete
    Replies
    1. Boa Catarina, é mesmo esse o meu objectivo "atiçar" a malta para viajarem!

      Delete
  5. Eu estive numa ilha na tailandia e detestei. estava a espera de algo mais selvagem, mais "puro" e aquilo era completamente construido para o turismo. Pelas tuas fotografias acho que ia amar esta!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Pois as ilhas da Tailândia estão a ser demasiado exploradas, infelizmente. Koh rong ainda mantém esse ar selvagem que falas, mas deduzo que mais UnS quantos anos vai estar como na Tailândia...

      Delete
  6. Eu a ler/ver isto e lá fora está a chover a potes. Que maravilha, paraíso é MESMO a palavra certa! E tããããoooo barato! Mesmo que tenha sido só uma semana deve ter dado para recarregar todas as energias. Já vai para a lista de sítios a visitar, claaro.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Essa lista infinita Ana :D
      Esta Primavera não está para brincadeiras, mas olha, consolamo-nos com fotos dreamy como estas <3

      Delete
  7. Onde apanho o barco??? Quero ir agora :P
    O local parece maravilhoso... Ja estou tao cansada deste inverno mas aqui nao ha verao :(

    ReplyDelete
    Replies
    1. Em Sihanoukville :)
      Daniela, vale a pena apostar em numa semana de calor algures no nosso planeta, vais voltar com mais vontade de trabalhar e até viver! Quando morei em Maine nos EUA com trinta graus negativos, de 3 em 3 meses ia semana e meia para um sítio com sol como Jamaica e Rio de Janeiro. Era uma lufada de ar fresco!

      Delete
  8. Adorei estas fotografias!
    Essa tua tatuagem nas costas é tão magnífica.
    Mil beijinhos*

    Às Cavalitas do Vento

    ReplyDelete
    Replies
    1. Obrigada, acho que irias adorar Jo! A minha tattoo é o meu orgulho <3

      Delete
  9. Nada para fazer numa ilha dessas neste momento parece-me uma excelente ideia :)

    ReplyDelete
    Replies
    1. Haha a avaliar pela nossa conversa no choupana, sem dúvida! Estas mesmo a precisar fazer nenhum e esvaziar a mente :) aproveita que os voos para Bangkok são baratos e daí a koh rong e um pulinho filha :D

      Delete
  10. Ai mulher, ler o teu blog da-me uma vontade gritante de me ir embora daqui... gostava mesmo de ter a tua coragem <3

    ReplyDelete

Grata por comentares, adoro saber o que passa pela tua mente.